você está em: Em Pauta / Lexus LM: Van da Toyota faz inveja à sala de estar de rico

Lexus LM: Van da Toyota faz inveja à sala de estar de rico

Inédita Lexus LM competirá com a Mercedes-Benz Classe V pelo título de rainha das vans de luxo

Quando se trata de luxo em um carro, geralmente os sedãs são a primeira manifestação automotiva que vêm à mente. Os SUVs também estão ganhando espaço nesse quesito. Mas o que dizer de vans? Apostando nesse ainda restrito segmento, a Lexus apresentou na China a LM, a sua primeira van.

Criada com base na já refinada Toyota Alhpard, a nova van da Lexus será rival da Mercedes-Benz Classe V e tenta buscar compradores que querem o extremo do conforto, sem precisar dirigir. Apesar da sessão dianteira ser luxuosa, com bancos revestidos de couro, central multimídia grande e materiais nobres, o que interessa na Lexus LM é o banco traseiro.

Sala de estar de rico

A cabine é dotada de todos os tipos de regalias possíveis, deixando o ambiente mais refinado que muitos apartamentos de pessoas endinheiradas. A segunda fileira de bancos é constituída por duas poltronas dignas de primeira classe de aviões modernos. São forradas de couro perfurado com costuras diamante.

Há uma televisão de 26 polegadas à frente dos passageiros e que ajuda a dividir a área dos passageiros do motorista. A tela é rodeada de caixas de som, madeira, couro e alumínio. Entre os bancos ficam os comandos para todas as parafernálias eletrônicas da Lexus LM, incluindo uma tela sensível ao toque.

Por dentro, ainda há geladeira para champanhe com porta-taças, relógios analógicos para que os passageiros acompanhem a velocidade da van, teto solar panorâmico, luzes de LED decorativas e porta com abertura elétrica.

Típico Lexus

Como é tradição da Lexus, a LM será oferecida também com motorização híbrida. Na LM 300h, o motor oferecido é um 2.5 quatro cilindros turbo associado a um segundo motor elétrico. Há ainda a LM 350 com motor V6 3.5 turbo. Para ambas, há opção de tração somente na dianteira ou integral.

Outro ponto em comum com o restante dos modelos da marca é o visual externo. A grade dianteira é exageradamente grande, composta por treliças metálicas cromadas. Os faróis são de LED e trazem a típica assinatura visual da marca. Já na traseira, como houve aproveitamento de peças da Alphard, as lanternas se prolongam entre os vidros e se conectam na tampa traseira.

Fonte: iCarros

Compartilhe: